Loading

7 de dez de 2010

Seu Pai II...

Seu pai não gostava de drogas (foi ridicularizado por muitos por isso)
Seu pai ficava horas embaixo do chuveiro (melhor lugar pra pensar, segundo ele)
Seu pai não usava carteira
Seu pai adorava pistas de corrida (demorou três anos pra montar uma)
Seu pai achava a Brigitte Bardot linda
Seu pai adorava fusca
Seu pai usava anéis
Seu pai usava pulseiras hippies
Seu pai usava uma argola de coco
Seu pai usava colares hippies
Seu era Corinthiano
Seu pai chorou no dia que o Leandro morreu
Seu pai acordava Domingo bem cedo para assistir as corridas
Seu pai ficou arrasado com a morte do Ayrton Senna
Seu pai  só andava contigo no pescoço
Seu pai gostava do Bruce Willis
Seu pai achava que moeda não era dinheiro
Seu pai não gostava de mochila
Seu pai usava uma bolsa estilo "carteiro"
Seu pai gostava de óculos escuros redondos
Seu pai tinha dedos compridos, finos e lindos
Seu pai usava máquina zero no cabelo
Seu pai gostava de camisas listadas
Seu pai gostava de camiseta polos
Seu pai gostava de sandálias Gook (de borracha)
Seu pai dizia: "vejo o mundo através dos olhos do Santhiago"
Seu pai dizia "OI" ao atender o telefone
Seu pai não tinha telefone celular
Seu pai adorava amarrar lenços coloridos em sua cabeça
Seu pai era Escultor
Seu pai adorava melancia (picava antes de comer)
Seu pai ficava lindo de verde
Seu pai usava escapulário
Seu pai não sabia lavar louça
Seu pai usava uma espátula de unha para esculpir...

- Hoje vi uma camiseta polo azul linda em uma vitrine, me emocionei e chorei...

8 comentários:

Maria Helena disse...

Oi, amiga!

Estou cada vez mais encantada com a linda história de vocês. Fico impressionada com sua força e com sua suavidade, apesar do sofrimento. Sei que em alguns momentos você pensa que não vai suportar até o dia seguinte. E aí o outro dia nasce e você se reveste de força para enfrentar a batalha. Você tem um amor ao seu lado que, com certeza, fará com que você supere a fase em menos tempo. os olhos do seu filhinho serão farois qu iluminarão o novo momento da sua vida.
Pode contar comigo!
Um abraço!

lolipop disse...

Oi!
Vim aqui porque hoje de manhã encontrei uma poesia linda que falava de vc, na Maria Helena.
É fácil entender sua história, a história de Santhiago...difícil encontrar palavras que possam ser certas...
Lembrei-me dos caminhos de Santiago...uma peregrinação famosa, feita durante muitos quilómetros, a pé até á Catedral de Santiago de Compostela em Espanha...uma jornada de descoberta mais do que de santificação.
Os caminhos que percorre aqui, serão, pareceu-me como uma viagem em busca da paz...
Carinhos
Um abraço forte
LOLI

Chica disse...

Lindo isso.Vim lá da Maria Helena pra te conhecer.

Emocionante!

Um beijo,tudo de bom,chica

Lupo disse...

Também foi a Maria Helena quem me trouxe aqui. Prometi a ela que só viria a noite, mas não resisti.

Tantos detalhes... Ainda não sei a sua história, deste pai maravilhoso que tinha coragem de chorar e adorava as coisas simples e desse fruto, que com certeza é a maior bênção de todas.

Mas vou conhecer, e vou acompanhar de perto pelo gosto que tenho de conhecer pessoas reais, mesmo utilizando um meio virtual.

Bjo na alma!

Maria Helena disse...

Oi, querida amiga!
Cheguei em casa e li seu comentário e estou aqui tomada de emoção. Sabe aquelas lágrimas que de tão profundas, ficam retidas nos olhos e não conseguem rolar pelo rosto? Sabe aquela sensação de estar tomada por uma emoção profunda que nem as palavras fluem direito? Sabe aquela sensação diferente no peito como se neste momento eu estivesse numa sintonia perfeita com o universo? Sabe a sensação de que tudo neste momento está perfeito? SInto-me assim na presença da sua energia e da dos amigos que se somaram a nós para formarmos um círculo de luz para amenizarmos este momento.
Não tenha dúvida, minha amiga, que eu estarei aqui pertinho de você e que não foi por acaso que nos encontramos.
Só sei que amei ter encontrado uma pessoa tão especial e de uma alma tão pura e poética.
Continue escrevendo. Fale do que sente e além de ser um desabafo estará encantando o universo com seu exemplo de fé, suavidade e esperança.
Um abraço do temanho do infinito! Bjs

Regina Laura disse...

Sônia, cheguei até aqui pela Maria Helena.
Estou muito comovida com sua história.
A vida tem caminhos que por muitas vezes não entendemos.
Mas, certamente, o sorriso de Santhiago há de lhe ser uma Luz, como um farol,que nos indica o rumo a seguir.
Muitas coisas boas hão de aparecer em sua vida!
Tenha certeza disso, mesmo que hoje pareça uma bobagem.
Aceite meu carinho.
Beijo grande

Blog da Fofa disse...

Ô minha linda, A alma da Maria Helena não cabe nela tamanha sua sensibilidade. Hoje eu vi no blog dela a poesia linda q ela lhe fez, e estou aqui. A dor sempre é única. Já perdi meu pai que era a pessoa q eu mais amava nesse mundo. Já perdi pessoas que apesar de ainda estarem vivas, andam no caminho da morte. E já perdi pessoas q um dia achei q tive, nada comparado a dor de uma mãe que perde seu companheiro e pai de seu filho. Mas, estarei sempre com os braços abertos para lhe amparar, mesmo que seja virtualmente. Seu filho é lindo. E vc tbm. Bjo grande querida, q vcs fiquem sempre com Deus e sei q o Santhiago sempre intercederá por vcs.

Blog da Fofa disse...

O minha amiga, desculpa, confundi os nomes, quem intercederá por vcs é O Beto. O Santhiago já está intercedendo ao seu lado, lhe dando os melhores momentos de alegria