Loading

9 de dez de 2010

Maria Helena...

Hoje eu não vim pra contar histórias do Beto pro Santhiago, mas pra falar de algo muito bom que aconteceu em minha vida.
Primeiro de dezembro, eu extremamente triste, confusa perdida, chego em casa desnorteada com a perda da Ingrid, alguns minutos depois Maria Helena surge em minha vida.
Ela é dessas pessoas raríssimas, que não são fáceis de se encontrar, ela fez um comentário lindo em uma  minhas postagens, torcia por mim, e eu que nunca tive o propósito de divulgar ou que alguém lesse o que eu escrevia fiquei maravilhada com os elogios daquela moça, e ela se envolveu na História de Santhiago, voltava todos os dias, e a cada dia que se passava a afinidade crescia.Maria Helena me convenceu de duas coisas: Que as coisas que escrevo  são importantes (agora eu sei que nem só pra mim e pro Santhiago, mas pra ela e pras pessoas lindas que ela colocou em minha vida) e que temos uma ligação de alma mesmo, eu me arrepio a cada escrita de Maria Helena.
A História de Santhiago estava quase no final, o meu propósito já estava quase concluido, mas como nada é por acaso, eu vou continuar a escrever, apesar de toda a dor, só preciso respirar um pouco, esses dias que se aproximam são sempre mais complicados, onde me sinto tão frágil tão vulnerável, que o simples fato de ter que abrir os olhos e ir a luta me doí a alma, o corpo e o coração (como se existisse um dia que não o fosse)...
Maria Helena é poeta, tem uma linguagem simples, de fácil absorção,e foi a responsável por um dos maiores presentes que recebi em minha vida, se veste de tanta humildade e generosidade que me convence que sou importante  Conheça aqui Maria Helena, meu presente e sua casa. Pintando o sete com a vida.
Maria Helena, obrigada mais uma vez pela doce presença em minha vida, eu não tenho palavras para te agradecer, mas eu quero que saibas o quanto está me fazendo bem aprender contigo, ter seu carinho em forma de palavras todos os dias tem me dado alento nesses dias onde a minha força se vai.
Não sei agradecer em forma de poesia, mas sei o quanto você me faz bem. Obrigada por apreciar minha história, obrigada pela companhia, obrigada pelas palavras.
Obrigada simplismente por sua existência ...

10 comentários:

lolipop disse...

Sónia...
A Maria Helena é uma pessoa muito especial mesmo. Uma daquelas almas raras,que temos a certeza que brilha tanto neste mundo virtual como no real, espalhando seus brilhos como uma fada ou uma borboleta...
E continue a escrever, sim...Sabe? Eu tinha um amigo na blogosfera que tinha sofrido muito a perda de um amor...o seu blogue chamava-se Profundo pensare ele publicava os poemas mais tristes... Passou um tempo. Tornamo-nos amigos e uma noite, e-mail pra cá e pra lá, ele se mostrou mais animado com a vida, e eu brincando disse...vai ver, um dia vc ainda vai ter um blogue chamado Profundo Amar...e, embora mantendo o outro, ele criou esse Profundo Amar para colocar sua esperança que pouco a pouco ia renascendo...
Ternuras.......

Chica disse...

Conheci Maria Helena não faz muito tempo e ela é sensacional mesmo e merece esse teu carinho!
beijos às duas,chica

Blog da Fofa disse...

Oi Soninha, Olha sem palavras p descrever Maria Helena, ela tem sido um anjinho na minha vida tbm. Uma pessoa doce, generosa, que distribui carinho e graça. Que consegue absorver o sentimento das pessoas e tentar ajudá-las de alguma forma. Espero que não termine nunca com o seu blog. Eu ontem só comentei um post, mas li vários, desde o primeiro. Aí fui seguindo a ordem. dei tanta risada com o post do amigo caloteiro, kkkk, com o da manngueira q o beto jogou nos meninos, Mto legal. vc deveria publicar. É uma história linda. Bjos minha nova amiga

Maria Helena disse...

Minha querida amiga, chego agora em casa e a primeira coisa que fiz foi acessar o seu blog pois estou lendo a história desde o início. Quando vejo o seu post de hoje, as lágrimas desceram. Lágrimas que retratam a emoção de perceber que mesmo diante de tanta dificuldade você abre o coração para se doar em gratidão.Para mim não há presente maior do que os que vêm pelas vias dos sentimentos puros de almas aladas e especiais.
Permita-me também lhe agradecer por ter me permitido entrar na sua história e caminhar com você. Pode ter certeza que eu ganhei muito com sua presença na minha vida. Olho para a foto de vocês três e o vídeo da Ingrid e me sinto como se todos fizessem parte da minha família. Não tenho dúvidas de que mais cedo do que você imagina a dor vai se transformar num sentimento suave que voará em forma de amor para os braços do Beto, do Santhiago e de todos que têm o privilégio de compartilhar da sua estrada.
Quero aproveitar para agradecer as minhas três queridas amigas que comentaram antes de mim e me viram de uma forma tão bela.
Querida, vamos juntas!
Muito obrigada! Que as luzes do universo continuem iluminado seu caminho e de todos que fazem parte da dua vida.
Pode contar comigo!
Bjs

Maria Helena disse...

Querida, quero ainda lhe dizer que ainda vou ver o livro da história de Santhiago publicado. No dia que você lançar eu farei questão de estar presente para lhe aplaudir de pé.
Continue escrevendo de acordo com suas possibilidades diárias. No dia que puder, escreva! Não tenha pressa!
Nós estamos aprendendo muito com a história de Santhiago.
Acompanhei sua maratona da Bahia com Santhiago de volta pra casa! Como me emocionei! Você é linda!
Sua generosidade é sem tamanho!
Bjs

Amapola disse...

Querida amiga.
Já estou lhe seguindo. Nesse momento não tive tempo para ler do jeito que gosto, que é devagar. Voltarei depois.

Um grande abraço.

Lupo disse...

Quem disse que você não escreve poesia Sonia? É só isso o que eu vejo aqui neste blog!

Não vou falar da Maria Helena. Você e as 3 moças que comentaram acima já disseram melhor do que eu o que significa esse anjo não só pra você, como pra mim e para muitos outros.

Vejo tristeza, mas vejo sentimento, crescimento, evolução e até mesmo alegria. Seu caminho será mais bonito querida, e muitas pessoas oram por isso.

Bjo na alma!

Hugo Leonardo disse...

A poesia é a transcrição do nosso eu em palavras. Você faz poesia! Eu acabei de conhecer seu blog, através do de minha tia-mãe Maria Helena e já fiquei fã. Sou o neto materno mais velho e quando eu tinha 7 anos, tinha duas primas com 5 e 4 anos, que sempre conviveram comigo. O pai delas, meu tio, era meu melhor tio! Eu o amava tal como minha mãe (sua irmã). Nessa época, ele sofreu um grave acidente e faleceu. Foi uma dor muito grande em toda família! Mas hoje nós só lembramos das coisas boas que ele fazia, nas mais belas situações, nos momentos de alegria que vivemos juntos e ele abençõa todos nós. Deus tem seus planos! Devemos encarar a vida e acreditar firmemente nEle. Santhiago é e será sempre abençoado por Deus e o Beto está junto a Ele, pedindo sua proteção sempre. FORÇA! CORAGEM! Continue escrevendo! Parabéns pelo blog! Esperarei sempre suas postagens! Grande abraço, Hugo Leonardo.

Ângela disse...

Sõnia, conheci Maria Helena, me encantei por suas poesias e por sua docura, me via curiosa e vim te conhecer, e aqui encontrei amigas como a QUERIDA Margarida do blog Banzai, e fiquei feliz. Sua hisória é comovente, li muito e sei que ainda tenho que voltar, então, o já estou na sua lista de seguidores. Tenha certeza que amigos virtuais podem se tornais reais.
um beijo enorme, e continue escrevendo sua linda história.
beijos com carinho.
Ângela

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

A querida amiga Maria Helena te dedicou um post tão bonito que eu tinha que vir aqui conhecer! E te peço licença para aqui entrar!

Seu blog é especial também, gostei muito. E vou acompanhar.
parabéns pela bela homenagem!

bom dia