Loading

8 de jun de 2011

Meio Almodovar - Juca Novaes e Lenine...


Quantos dias tem três anos??

Não sei! Mas é muito mais do que eu poderia suportar, não que há dias melhores ou piores, todos os dias são difíceis, são insuportáveis. Mas porque o calendário na parede insiste em me lembrar datas?
O corpo doí! O simples fato de respirar é um sacrifício,  a sobre-vida me pesa toneladas...

Hoje sem força até para escrever, te apresento uma música que você não conheceu, mas tenho certeza que iria gostar tanto quanto eu, essa canção tem sido minha companheira diária e noturna, ela fala por mim nesse momento...

PARA VOCÊ MEU BOM JOSÉ.

Meio Almodóvar - Juca Novaes e Lenine


Foi só um ensaio, foi só um insight.
Durou muito pouco, doeu muito mais.
Foi trailer de filme, ensaio de orquestra, foi jogo suspenso no auge da festa.

Foi curto e intenso, canção de Caymmi, foi meio Almodóvar, foi meio Fellini.
Foi como um cometa, no céu da cidade, foi breve promessa de felicidade.

Eu morro de saudades do que era pra viver, e vivo da viagem de reencontrar você.
Meus olhos do passado num futuro que nem sei, de tantas outras vidas, mil pontos de partida...

E todos os detalhes do que não aconteceu, repetem o roteiro pra mostrar você e eu.
O filme recomeça e nunca chega até o fim. E nessa nova vida não tem a despedida...

Foi só a voz guia, foi nem a metade, foi estrela guia, foi tanta verdade. Um mero rascunho, mas foi divindade
Grafite no muro da minha saudade. Eu morro de saudades...

7 comentários:

Beth/Lilás disse...

Oi, querida Sônia!
O tempo, só ele poderá resgatar todos esses dias de sofrimento.
Que Deus lhe dê forças para suportar tudo isso!
Estou voltando devagarinho das minhas férias.
beijos grandes, cariocas

Sônia Cristina disse...

Oi amiga, que bom te ver voltando devagarinho. Sentimos sua falta.

É amiga, há dias que...
Tomara que um dia dexe de doer.

Beijos

Lúcia Soares disse...

Sônia, não conhecia a música.
Parece mesmo que foi feita para você.
Estou emocionada, imagina, então, o que vai em seu coração.
Mas a vida continua, por mais que pareça apenas uma frase feita.
Você vai voltar a ser feliz, por você, primeiro, e pelo Santhiago.
Não deixe que o tempo se estenda. Depende de você, olhar a vida com outros olhos.
A dor, essa cada dia doerá menos.
"Espere o sol nascer. Ele sempre aparece."
(fala do filme "A noviça rebelde", que cito sempre.)
Beijo!

Cacá - José Cláudio disse...

é bom estar aqui Sônia. A gente vai depurando a dor sem perder a memória aprazível dos nossos melhores momentos da vida. Obrigado pelo carinho e solidariedade. Meu abraço. paz e bem.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Sonia...esse post me emocionou. E imagino o tamanho da dor da saudade... que é imensa.

um bom fim de semana!

Sônia Cristina disse...

É amiga Lúcia, minha vida gira em torno do nascimento desse sol..

Cacá, que bom te receber aqui..
É exatamente isso: não podemos perder esse momentos, volte quando desejar...
Paz e Luz!

Alê,
Doi demais, mas a gente se acostuma, bom te ver de novo aqui.

Beijo

Anônimo disse...

@Sônia Cristina
Sonia,

Não te conheço, mas adoro esta musica e o único site que me deu a letra foi o seu blog. Acho que o destino me conduziu para ler seus depoimentos, Portanto...Só vive quem compartilha momentos pois são eles que nos felicita com as lembranças...Lembre-se dos bons momentos sempre porque eles serão o balsamo para as suas dores.

AAbs

Elisangela Juliao
Ssa- Bahia