Loading

26 de jun de 2011

Uma cena que fazia seu pai chorar..

Quando a Internet veio aqui para o nosso bairro há mais ou menos há uns doze anos, seu pai ficou deslumbrado com a possibilidade de rever cenas que ele gostava, que achava importante e que até então era limitado apenas as reprises ou as velhas fitas de vídeo-cassete.

Ele disse: "Procura nesse tal de Google a cena final de Memorial  de Maria Moura, eu quero ver logo". E viu uma, duas três... dez vezes. Seu pai quando gostava de uma música ouvia vinte vezes seguidas e incansavelmente, e com essa cena não foi diferente..(decorei até as falas).

Existe uma frase que me marcou muito: Quando Maria Moura interpretada por Glória Pires diz: "O que realmente importa não é o QUE você tem na vida mas QUEM você tem na vida no momento que mais precisa, é justamente nos momentos de guerra e de batalha que descobrimos quem está realmente do nosso lado"....A personagem estava se referindo a paixão que sentia por Cirino (Marcos Palmeiras) que a cegou, que a fez fraquejar e por alguns momentos ser apenas uma mulher apaixonada. Porém no momento de guerra e de batalha ela descobriu que ele não estava ao seu lado e que o amor vai muito além de uma paixão...

"Quem quer comprar um coração de uma Dama sem razão?"..
                                 (Orlando Morais)

8 comentários:

Lúcia Soares disse...

Sônia, uma das coisas boas da TV brasileira, a minissérie Memorial de Maria Moura. Recentemente repetiu, no canal a cabo Viva, que é da Globo.
Não assisti de novo, por causa do horário tardio, mas me lembro muito da época que passou.
Também quando gosto de alguma coisa, não me canso de assistir, ouvir, falar, apreciar.
Beto tinha bom gosto, sem dúvida!
Beijo e boa semana.

Maria Helena disse...

Olá, amiga!
Marcante o seriado! Marcante a forma que você conta a história! Marcante a vida do Beto.
A sensibilidade do Beto aliada à sua e a de Santhiago recheia nossa vida de sentimentos imperdíveis que acionam emoções!
Obrigada por isso!
Bjs!

Silvia C. Barbosa disse...

Oi Sônia!

Também sou assim quando gosto não me canso, de ouvir, de ver, de ler, de lembrar... rsrsrs

Sei exatamente o sentido dessa frase dita por Maria Moura...

Beijos

Sônia Cristina disse...

@L�cia Soares
Oi Lúcia,
No dia que eu estava fazendo esse post vi algumas cenas no Google, foi tão bom!
ele tinha bom gosto mesmo amiga, eu só não entendi a graça que ele via em "casseta e planeta" rs

beijo