Loading

5 de dez de 2010

Santhiaguice...

Uma semana atráz:

- Mãe, eu quero usar as argolas do meu pai, quero furar as duas orelhas
- Certeza Filho?

Seguimos uma longa conversa olho no olho, expus alguns problemas que ele poderia ter na escola com os amiguinhos, que na sua maioria são "educados" por pais hipócritas e limitados...

- Eu sei me defender mãe, enfrento isso que você fala porque tenho cabelo comprido, sei me defender mãe, e meu pai sempre quiz furar minha orelha, lembra mãe?

- Decisão tomada, decisão acatada, combinamos que a princípio furariámos apenas uma, com o tempo se a idéia permanecesse furariámos a segunda.

Lá fomos, nós, quando chegamos a Rosana da Farmácia com os olhos cheios de lágrimas disse:

- Sônia, você não faz idéias quantas vezes Beto veio aqui pra furar a orelha do Santhiago, mas ele acabava desistindo pro Santhiago não sentir dor.
- Tem nada não Rosana, com certeza ele está vendo... (nó na garganta)...
E o filho de Beto se comporta feito gente grande, no final chora um choro sofrido, doído, mas não era de dor física..
ELE ESTÁ VENDO FILHO, ELE ESTÁ VENDO...


0 comentários: